– Comunicado da Conferência Episcopal Portuguesa (c/áudio)

Conferência Episcopal Portuguesa

Comunicado da Conferência Episcopal Portuguesa (c/áudio)

1. Tendo consciência da extrema gravidade da situação pandémica que estamos a viver no nosso País, consideramos que é um imperativo moral para todos os cidadãos, e particularmente para os cristãos, ter o máximo de precauções sanitárias para evitar contágios, contribuindo para ultrapassar esta situação.

2. Nesse sentido, embora lamentando fazê-lo, a Conferência Episcopal Portuguesa determina a suspensão da celebração “pública” da Eucaristia a partir de 23 de janeiro de 2021, bem como a suspensão de catequeses e outras atividades pastorais que impliquem contacto, até novas orientações. As Dioceses das Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira darão orientações próprias.

3. Estas medidas devem ser complementadas com as possíveis ofertas celebrativas, transmitidas em direto por via digital.

4. As exéquias cristãs devem ser celebradas de acordo com as orientações da Conferência Episcopal de 8 de maio de 2020 e das autoridades competentes.

5. Exprimimos especial consideração, estima e gratidão a quantos, na linha da frente dos hospitais e em todo o sistema de saúde, continuam a lutar com extrema dedicação para salvar as vidas em risco. Que Deus abençoe este inestimável testemunho de humanidade e generosidade e que eles possam contar com a solidariedade coerente e responsável de todos os cidadãos, a fim de que, com a colaboração de todos, possamos superar esta gravíssima crise e construir um mundo mais solidário, fraterno e responsável.

6. Pedimos que, a nível individual, nas famílias e nas comunidades, se mantenha uma atitude de constante oração a Deus pelas vítimas mortais da pandemia, pedindo ao Senhor da Vida que os acolha nos seus braços misericordiosos, e manifestamos o nosso apoio fraterno aos seus familiares em luto.

Lisboa, 21 de janeiro de 2021

http://www.conferenciaepiscopal.pt/v1/comunicado-da-conferencia-episcopal-portuguesa-2/

-Primeiro aniversário do Espaço Cidadão – Freguesia de São Pedro de Tomar

Espaço Cidadão da Freguesia de São Pedro de Tomar – Há 1 ano a servir os cidadãos

Desejamos que a Administração Central (Ministério) e Local (Câmara Municipal de Tomar) não plantem apenas a flor e depois se esqueçam de a regar.

O Espaço Cidadão da Freguesia de São Pedro de Tomar iniciou a sua atividade há um ano (tendo sido inaugurado em 17 de dezembro de 2019). Durante todo o ano de 2020, foi com enorme dedicação da funcionária da Junta de Freguesia (Sónia Guido) e apoio do executivo (Lurdes Ferromau Fernandes, António Vicente e Marta Pedro) que, se cumpriu, a máxima definida pela ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão – “Aproximar o Estado dos cidadãos”.

No concelho de Tomar este foi o quinto espaço aberto (após Asseiceira, Sabacheira, Paialvo e Junceira) e dá uma ideia da capilaridade destas estruturas, que apesar de pequenas, têm a vantagem da proximidade e estão no cerne dos objetivos traçados para uma modernização do Estado que não deixe ninguém para trás.

Para a abertura do serviço, houve uma comparticipação da Câmara Municipal de Tomar na remodelação do espaço (€4.700,00) e encontram-se prometidas algumas verbas para a gestão corrente.

Tal como foi afirmado no dia da inauguração, a presidente da Junta de Freguesia, Lurdes Ferromau Fernandes, o entusiasmo em abraçar este projeto continua inalterado. Assume que, apesar de todas as vantagens e da dedicação desta Junta de Freguesia aos cidadãos, não só da Freguesia, como de vários pontos do concelho, é de realçar que, o modelo de apoio a estas estruturas é deveras insuficiente. Não se compreende que, não se atribua um apoio para podermos contratar mais uma pessoa. Todo o trabalho (quer o da Junta de Freguesia, quer o do Espaço Cidadão) é realizado pela mesma funcionária.

Nem a  pandemia, nem as restrições decorrentes da mesma (iniciais de encerramento e posteriores de atendimento condicionado) condicionaram os resultados que nos orgulhamos de publicitar, apesar de estarmos abertos 3 manhãs por semana – segundas, quartas e sextas-feiras.

Prestámos os seguintes serviços

  1. Revalidação de Cartas de Condução: 37
  2. Renovação de Cartões de Cidadão a maiores de 25: 44
  3. Confirmações e alterações de morada: 22 
  4. Chaves moveis digitais: 64
  5. Outros serviços de apoio aos Cidadãos: cerca de: 136
    Envio de documentos para a ADSE
    Agendamentos na Segurança Social,
    Agendamentos nas finanças
    Agendamentos no IRN para levantar e realizar cartões de Cidadão a menores de 25 e a cidadãos em que o cartão não reúne condições para ser renovado no espaço do cidadão, entre outros
  6. Esclarecimentos por telefone foram muitos