– COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE QUEIMADAS

COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE QUEIMADAS

No seguimento do email rececionado no dia 25 de outubro de 2019, enviado pela Presidência da Câmara Municipal de Tomar, transcrevemos:
 

” – Os pedidos podem ser feitos em alternativa ao site do ICNF para o Serviço Municipal de Proteção Civil, através do número de telefone 249324030 de segunda a sexta-feira das 9h00 às 12h30 e das 13h30 às 17h00.

 O pedido pode comportar a autorização de queimas para os 5 dias seguintes, assim por exemplo um Munícipe que pretenda realizar uma queima ao sábado ou ao domingo terá respetivamente 4 e 3 dias úteis por antecipação para o fazer.

– A decisão de não disponibilização da central de emergência do Corpo de Bombeiros para este tipo de missão prende-se com factos registados no ano anterior em que ocorreram graves perturbações neste serviço em episódios que vieram a provocar constrangimentos por sobrecarga no atendimento de pedidos de socorro via CODU ou outros, o que é de todo de evitar por motivos de força maior.

– Resta ainda esclarecer que em outros Municípios próximos o horário de atendimento para este efeito se processa em moldes de todo idêntico ao agora aqui praticado, existindo ainda casos em que a própria queima de sobrantes está limitada a dias específicos por organização de gestão do processo.

Quanto ao modelo que estamos a praticar no atendimento por telefone, centra-se nos seguintes passos:

– Ao contacto do Munícipe é recolhida a seguinte informação; Nome do requerente, local onde vai executar a queima, qual o dia ou dias que pretende para a ação e um número de telefone que possa receber sms;

– Os dados recolhidos são registados em suporte digital, a partir do qual se produz uma mensagem a remeter via sms com os dados da autorização, a qual fará fé perante as Forças de Segurança.

No caso extremo em o Munícipe não tenha acesso à internet ou não possua qualquer equipamento que possa receber um sms, este terá de deslocar-se ao Serviço Municipal de Proteção Civil, para que aqui lhe seja submetido através da plataforma do ICNF o pedido. É em todo o caso sugerido ao munícipe que habita distante da sede do concelho que possa pedir o apoio em proximidade aos serviços da sua Junta/União de Freguesia ou ainda a algum familiar ou amigo que tendo acesso à plataforma do ICNF que lhe possa submeter o pedido. Sabendo nós que muitos deles são de idade avançada e que não possuem meio de transporte para se deslocar.”